Show de talentos - uma atividade lúdica para crianças com autismo

20/08/2014

Leia a seguir mais uma fantástica sugestão de atividade lúdica para crianças com autismo que poderá ajudar a sua criança, adolescente ou adulto com autismo a desenvolver os seus talentos e habilidades.

Interesses:

Programas de televisão, personagens favoritos, cantar, dançar, ouvir histórias, piadas, acrobacias e charadas.

Metas principais:

Participação física da criança na brincadeira. Flexibilidade. Desenvolver atenção compartilhada de 15 minutos ou mais.

Ação motivadora (o papel do adulto):

O adulto agirá como se fosse um participante de um show de talentos televisivo e representará os personagens nas diversas apresentações sorteadas.

Solicitação (o papel da criança):

A criança jogará dois dados. O primeiro dado conterá figuras dos seus seis personagens favoritos. O segundo dado conterá palavras com seis tipos de apresentação (por exemplo, dançar, cantar, contar uma piada, fazer e responder uma charada, contar uma história, fazer uma acrobacia) que serão executadas pelos personagens.

Estrutura da atividade:

O adulto explica à criança que eles vão participar de um incrível show de talentos e que, para escolher o personagem que irá se apresentar, eles precisarão jogar dois dados.

Com o primeiro dado, será possível saber qual personagem vai se apresentar e, com o segundo dado, o que acontecerá na apresentação.

Se a criança demonstrar interesse, o adulto começa então a simular o show de talentos, explicando que eles estão num auditório na TV e que logo em breve começarão a entrar alguns personagens muito legais. O adulto pode pedir à criança que se sente na plateia, para assistir ao show.

O adulto começa ele mesmo jogando os dados, um de cada vez. O adulto comemora o personagem sorteado e faz suspense quanto ao que será encenado pelo personagem.

Após o sorteio e a apresentação de alguns personagens, e quando o adulto notar que a criança está se divertindo e que ela está bastante engajada na brincadeira, o adulto poderá então solicitar que a criança jogue um dos dados ou os dois dados.

Assim que a criança se levantar da plateia e jogar os dados, o adulto responderá rapidamente e com entusiasmo, encenando o personagem e a apresentação determinadas pelos dados.

Caso a criança esteja interessada na brincadeira, mas ainda não queira jogar os dados, o adulto continuará jogando-os e aproveitando o período de atenção compartilhada, comemorando o contato visual, sorrisos e gargalhadas da criança.

Se vocês estiverem usando essa brincadeira em uma sessão a três, os dois adultos podem revezar a encenação dos personagens, deixando a brincadeira mais dinâmica.

Dependendo do estágio de desenvolvimento da criança e de sua flexibilidade, vocês podem alternar entre os três as funções de jogar os dados e fazer as encenações – a própria criança poderá realizar as encenações, caso ela se mostre interessada em assumir esse papel!

Materiais sugeridos:

Durante a atividade lúdica para crianças com autismo podem ser utilizadas vestimentas e acessórios que ajudem a caracterizar os personagens. As vestimentas e acessórios podem ser colocadas na prateleira. Já os dois dados podem ser confeccionados, por exemplo, com caixas de sapato.

Variações:

Podemos ajustar o grau do desafio desta atividade lúdica para crianças com autismo, pedindo que a criança, além de jogar os dados, aponte objetos na prateleira que poderão ser usados na apresentação do personagem da vez. A criança pode ainda ajudar o personagem a se preparar, vestindo os apetrechos que vocês escolherem na prateleira. Caso a criança mostre-se interessada e queira participar da apresentação do personagem, para incrementar a flexibilidade, você poderá criar cartões que seriam retirados de um envelope para saber quem será a plateia, o personagem ou o apresentador da vez.

Para ajudar a criança a manter-se motivada durante a interação e prolongar o tempo de duração da atividade, podemos inserir em alguns ciclos pequenas variações na ação motivadora, por exemplo, você poderá introduzir um terceiro dado, para determinar a forma como a apresentação deverá ser encenada pelo personagem: por exemplo, lenta, rápida, engraçada, triste, silenciosa, barulhenta (você não precisa solicitar à criança que jogue esse terceiro dado, mas se aproveitar dele para tornar a apresentação mais engraçada e curiosa). Se vocês estiverem em uma sessão a três, duas pessoas podem encenar ao mesmo tempo dois personagens, que podem estar atuando juntos de forma interativa no palco.

Caso a criança não se interesse pelos personagens do dado, podemos manter a atividade original e modificar os personagens de acordo com os interesses da criança no momento. Você poderá representar animais ou quaisquer outros personagens.

Se a criança se interessa pelo show de talentos e pelos personagens, mas desejamos trabalhar uma meta diferente, como a imitação, podemos manter a brincadeira, mas modificar o papel da criança na atividade. Ao invés de solicitarmos que ela jogue os dados, podemos pedir que ela imite paralelamente a nossa apresentação (por exemplo, em frente ao espelho). Podemos trabalhar também a comunicação, pedindo que a criança diga o nome do personagem que vai se apresentar ou, dependendo do estágio de desenvolvimento de sua comunicação, avise à plateia imaginária ou formada por bonecos que a tal personagem fará uma apresentação de tal coisa.

Se nossa criança mostrar-se envolvida com os personagens, mas não se interessar pelas apresentações feitas pelo adulto, podemos manter a mesma estrutura da brincadeira, e oferecer uma ação motivadora diferente, como por exemplo, o personagem sorteado no primeiro dado fazer cócegas, massagem/carinho na criança ou brincar de pega-pega com ela, que seriam as ações do segundo dado.

Participe de nosso blog e troque ideias com a gente.

Gostou dessa atividade? Já experimentou alguma brincadeira parecida? Queremos conhecer a sua opinião! Deixe a sua dica para outras pessoas nos comentários. Você pode também compartilhar essa atividade (no Facebook, por exemplo) clicando nos ícones abaixo.

Compartilhe com um amigo ou colega nas mídias sociais a seguir:

Postagens Relacionadas

Montando palavras com pulos mágicos – atividade para alfabetização
10 agosto, 2016

Montando palavras com pulos mágicos Interesses: Participar de jogos e desafios, atividades físicas como pular e receber cócegas, animais. Metas principais: Desenvolvimento da leitura e da escrita a partir da utilização de sílabas que formarão palavras. Atenção compartilhada de 15 minutos ou mais. Ação motivadora (o papel do adulto): O […]

Leia mais
Conversando com o papagaio curioso – estimulando sua criança a responder a perguntas
3 agosto, 2016

Conversando com o papagaio curioso Interesses: Assistir a encenações, ouvir histórias, interagir com animais, fantoches. Metas principais: Comunicação verbal: responder a perguntas que envolvem “quem”, “qual”, “o que”, “onde” e “por que”. Desenvolver período de atenção compartilhada de 20 min ou mais. Ação motivadora (o papel dos adultos): Um adulto poderá encenar […]

Leia mais
Atividade para desenvolver a comunicação – desenhando uma história em quadrinhos
14 julho, 2016

Desenhando uma história em quadrinhos Interesses: Desenhar, ouvir e contar histórias, personagens de histórias em quadrinhos (por exemplo, a Turma da Mônica). Metas principais: Comunicação verbal (relatar experiências). Desenvolver período de atenção compartilhada de 15 min ou mais. Ação motivadora (o papel do adulto): O adulto desenha em uma cartolina uma história em […]

Leia mais
Deixe um comentário
O Leão que Aperta – atividade para crianças com autismoDesenvolvimento social na inclusão escolar de crianças com autismo
Todos os comentários ( 5 )
  • Avatar
    Valdenice
    17/09/2014 em 2:30 pm

    Li as atividades e as considero excelentes. Vou tentar fazê-las.

    Resposta
    • Avatar
      Inspirados pelo Autismo
      @Valdenice
      08/10/2014 em 2:15 pm

      Olá Valdenice!Agradecemos pela apreciação da atividade que sugerimos e esperamos que esta atividade lhe seja útil.Para ler outras ideias de atividades, acesse o […] Leia maisOlá Valdenice!Agradecemos pela apreciação da atividade que sugerimos e esperamos que esta atividade lhe seja útil.Para ler outras ideias de atividades, acesse o nosso site através dos links abaixo:http://www.inspiradospeloautismo.com.br/a-abordagem/atividades-interativas-para-pessoas-com-autismo/ http://www.inspiradospeloautismo.com.br/a-abordagem/atividades-de-vida-diaria-para-pessoas-com-autismo/Atenciosamente, Equipe Inspirados pelo Autismo Leia Menos

      Resposta
  • Avatar
    francisco
    02/12/2014 em 12:04 pm

    Só queria saber o nome do autor e data da página, pois inventei de fazer uma citaçao e estou com dificuldades para acrescentar esse grande […] Leia maisSó queria saber o nome do autor e data da página, pois inventei de fazer uma citaçao e estou com dificuldades para acrescentar esse grande detalhe. Obrigado Leia Menos

    Resposta
    • Avatar
      Inspirados pelo Autismo
      @francisco
      02/12/2014 em 2:02 pm

      Olá Francisco,O autor é "Inspirados pelo Autismo" (pois as atividades foram criadas pela nossa equipe). A data é 20 de agosto de 2014.Atenciosamente, Equipe Inspirados […] Leia maisOlá Francisco,O autor é "Inspirados pelo Autismo" (pois as atividades foram criadas pela nossa equipe). A data é 20 de agosto de 2014.Atenciosamente, Equipe Inspirados pelo Autismo Leia Menos

      Resposta
  • Avatar
    marilda lopes alexandre
    27/03/2017 em 7:22 pm

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Informativo da Inspirados pelo Autismo

E-mail (obrigatório):

Nome:

Sobrenome:


FamiliarProfissional/ estudante da área de saúdeProfissional/ estudante da área de educaçãoOutro

Próximos cursos da Inspirados pelo Autismo:
Curso dinâmico e prático

“Finalmente encontrei um curso sobre autismo que atendeu minhas expectativas. Foi ministrado numa linguagem acessível, de forma dinâmica e prática, no qual assimilei um aprendizado que já me habilitou a lidar com o autismo.”

Ilza Correia, pedagoga
Curso sobre autismo.
Informações claras

“Informativo, interativo, responsivo e dinâmico. Curso muito organizado, bem estruturado, com informações claras e demonstrações muito sensibilizantes. Aporte teórico demonstrado na prática a todo o momento, facilitando o entendimento.”

Daniele Gomes, coordenadora pedagógica
Curso sobre autismo.
Inovador, prático e inspirador
“Inovador, prático, inspirador, conteúdo bem completo, considerando a amplitude das características do autismo.”
Yvina Baldo, professora e mãe
Curso sobre autismo.
Compreender o mundo do autismo
“Inspirador, me fez compreender o mundo do autismo (do meu filho) melhor, me deu força, esperança e me tirou do papel de expectadora, me abriu portas para um mundo diferente, me fez ter outros olhos e me deu o poder de fazer a diferença na vida do meu filho. Fiquei muito feliz de ter participado do curso e indico para todos os profissionais e familiares de pessoas com autismo.”
Danielle Speranza, mãe
Curso sobre autismo.
Aprender através de atividades prazerosas
“Como uma grande oportunidade de aprender, conhecer e desenvolver nossa sensibilidade de forma com que possamos auxiliar nossas crianças ou adultos com autismo a encontrar prazer em interagir socialmente, em brincar, aprender através de atividades lúdicas, interativas e prazerosas para ambas as partes. Vale a pena! É incrível!”
Fabrícia Corrêa Elias, professora
Curso sobre autismo.
Uma experiência fantástica
“Uma experiência fantástica, rica em conhecimento, informação. Superou minhas expectativas, realmente muito bom e proveitoso.”
Ellen Rolim, fonoaudióloga
Muito esclarecedor e motivador
“Fantástico, muito esclarecedor e motivador. Você sai do curso com vontade de chegar em casa e aplicar tudo que aprendeu.”
Lucia Sangiacomo, mãe