Como ajudar crianças com autismo a fazer uma viagem

07/01/2016

Algumas crianças com características do espectro do autismo apresentam dificuldades para dormir na residência de parentes ou de amigos, ou então em hotéis durante as viagens de família nas férias. Então, como ajudar crianças com autismo a fazer uma viagem?

Como uma preparação para dormir em outros locais nas viagens, você pode tentar ajudar a sua criança com autismo a dormir esporadicamente em um quarto ou sala diferente, mas em sua própria casa, levando para o ambiente objetos relacionados ao quarto de dormir e reproduzindo as mesmas atividades da rotina de vocês na hora de dormir.

Por exemplo, cantar as mesmas canções de ninar, contar as histórias favoritas, fazer carinhos e massagens, colocar as mesmas músicas para tocar, manter uma luminosidade parecida, utilizar os lençóis, o travesseiro e os bonecos de costume.

Caso você tenha algum parente ou amigo próximo residente na sua própria cidade e visite essa pessoa com frequência, especialmente alguém com quem sua criança sinta-se confortável, o passo seguinte poderia ser a sua criança com autismo e sua família tentarem dormir na casa dessa pessoa aplicando as mesmas dicas acima.

Quando você fosse então viajar, você poderia levar objetos relacionados ao quarto ou ao momento de dormir na viagem e reproduzir as atividades da rotina de sono habitual, para que a sua criança se sentisse mais confortável e familiarizada com o ambiente.

Você poderia também explicar com apoios visuais (calendários, fotos ou vídeos) antecipadamente sobre a viagem, adotando uma postura amorosa e persistente, e acreditando na capacidade de a criança vir a compreender cada vez mais essas situações.

Procure servir como modelo social, comemorando divertidamente a chegada no novo local e mostrando que pode ser legal dormir num quarto e numa cama diferentes (você e outros membros da família podem encenar essa situação social ao chegarem no novo quarto).

Algumas crianças sentem-se mais confortáveis também se a alimentação durante a viagem mantém-se similar à alimentação oferecida em casa, então alguns pais utilizam a estratégia de carregar consigo alimentos da rotina da criança durante a viagem.

Você tem ajudado crianças com autismo a viajar? Compartilhe as suas experiências e dicas conosco! Ajude pais e profissionais a preparar as crianças com autismo para as viagens compartilhando o nosso post pelas redes sociais (basta clicar nos ícones abaixo).

Participe de um de nossos cursos sobre como promover o bem-estar e o desenvolvimento de pessoas com autismo.

Educação inclusiva para pessoas com autismo - banner 2

Compartilhe com um amigo ou colega nas mídias sociais a seguir:

Postagens Relacionadas

Como ajudar pessoas com autismo a lidar com o barulho de fogos de artifício
2 fevereiro, 2018

A equipe da Inspirados pelo Autismo recebeu a seguinte pergunta, ‘Meu filho de 4 anos entra em crise com fogos de artifício. O que posso fazer nesse momento e como posso ajudá-lo a longo prazo?’ Assista ao vídeo com a resposta da psicóloga e consultora da Inspirados pelo Autismo, Giovanna […]

Leia mais
Autismo e planos de saúde
21 janeiro, 2018

Um interessante artigo publicado pelo escritório Vilhena Silva Advogados em seu blog, com autoria da advogada Silmara Alves Pinto dos Santos, traz luz à questão da cobertura dos planos de saúde para o tratamento do autismo. A autora relata que estudos demonstram que a eficácia do tratamento de uma pessoa […]

Leia mais
Técnicas teatrais para o desenvolvimento de pessoas com autismo
19 maio, 2017

O laboratório de Psicologia da Universidade de Indiana, nos EUA, está conduzindo estudos envolvendo a utilização de técnicas teatrais de improvisação para o desenvolvimento de pessoas com autismo. O laboratório quer verificar como estas ferramentas podem ser utilizadas para ajudar pessoas com autismo a compreender e a expressar emoções. Segundo a equipe, interpretar a linguagem corporal […]

Leia mais
Deixe um comentário
Dicas para as férias com sua criança com autismoMenino com autismo divide momentos de emoção com os pais em show do Coldplay
Todos os comentários ( 12 )
  • Avatar

    Tem curingas para viagens. Tem mais sobre esses objetos e como ajudar nas viagens nesse blog maravilhoso.

    Resposta
  • Avatar
    Amenaide Xavier
    11/01/2016 em 10:52 pm

    A nossa dificuldade é entrar no avião.

    Resposta
    • Avatar
      Inspirados pelo Autismo
      @Amenaide Xavier
      12/01/2016 em 1:52 pm

      Olá Amenaide,Algumas sugestões para viagens de avião seriam:- levar objetos de conforto na viagem, tais como os brinquedos prediletos da criança, tablet e celular com […] Leia maisOlá Amenaide,Algumas sugestões para viagens de avião seriam:- levar objetos de conforto na viagem, tais como os brinquedos prediletos da criança, tablet e celular com jogos e atividades; - fazer uma contagem regressiva como antecipação da viagem; - treinar o uso prolongado do cinto de segurança no carro, nas semanas antes da viagem; - no período anterior à viagem, fazer visitas ao aeroporto para ver os aviões, observá-los no pouso, decolagem, etc; - assistir vídeos sobre como é voar de avião no Youtube, inclusive vídeos que contenham o barulho do avião; - no dia da viagem, entrar antes dos demais passageiros no avião (solicitar a entrada como prioridade junto à companhia aérea); - levar para o avião as comidinhas e bebidas com que a criança já esteja acostumada; - durante o voo, oferecer almofadas e um fone de ouvido grande, para tornar o assento mais confortável e tentar isolar os ruídos.Atenciosamente, Equipe Inspirados pelo Autismo Leia Menos

      Resposta
  • Avatar
    Maria das Graças Rodrigues de Casseres
    11/01/2016 em 11:20 pm

    Boa noite! Essas postagens estão me ajudando a entender e me esclarecer sobre como ajudar a minha filha a aceitar e dar inicio ao […] Leia maisBoa noite! Essas postagens estão me ajudando a entender e me esclarecer sobre como ajudar a minha filha a aceitar e dar inicio ao tratamento do meu netinho Guilherme, de 2 anos e 8 meses. Muito obrigada pelas as orientações! Preciso ajudar a minha filha e o meu neto! Fiquem com Deus! Vocês são maravilhosos! Leia Menos

    Resposta
    • Avatar
      Inspirados pelo Autismo
      @Maria das Graças Rodrigues de Casseres
      12/01/2016 em 8:07 am

      Olá Maria das Graças,Agradecemos por sua carinhosa mensagem e por nos contar mais sobre o Guilherme, seu netinho.Recomendamos a você e a sua […] Leia maisOlá Maria das Graças,Agradecemos por sua carinhosa mensagem e por nos contar mais sobre o Guilherme, seu netinho.Recomendamos a você e a sua filha a leitura do livro “Dez Coisas que Toda Criança com Autismo Gostaria que Você Soubesse”, disponível para venda em nosso site. Escrito por Ellen Notbohm, que é uma mãe, o livro compartilha de forma prática e amorosa informações sobre como compreender os comportamentos e ajudar as crianças em seu desenvolvimento: http://www.inspiradospeloautismo.com.br/loja-virtual/#livrosRecomendamos ainda que vocês leiam (caso ainda não tenham lido) os seguintes artigos de nosso site:Como se inspirar para ajudar crianças, adolescentes e adultos com autismo http://www.inspiradospeloautismo.com.br/como-se-inspirar-para-ajudar-criancas-adolescentes-e-adultos-com-autismo/Como os pais podem ajudar suas crianças com autismo http://www.inspiradospeloautismo.com.br/como-os-pais-podem-ajudar-suas-criancas-com-autismo/Atenciosamente, Equipe Inspirados pelo Autismo Leia Menos

      Resposta
  • Avatar
    Elisabete Gomes
    11/02/2016 em 4:48 am

    Já adquiri o Livro "Dez Coisas Que Toda Criança com Autismo Gostaria Que Você Soubesse". E fico muito grata por essas postagens, assim um número […] Leia maisJá adquiri o Livro "Dez Coisas Que Toda Criança com Autismo Gostaria Que Você Soubesse". E fico muito grata por essas postagens, assim um número maior de pessoas tomam conhecimento de como lidar com as pessoas com autismo. O resultado só pode ser benéfico para ambas as partes, para o portador e o cuidador. Somente o conhecimento pode nos libertar da ignorância e do preconceito. Obrigada! Leia Menos

    Resposta
    • Avatar
      Inspirados pelo Autismo
      @Elisabete Gomes
      15/02/2016 em 2:59 pm

      Olá Elisabete,Agradecemos pela apreciação das ideias e sugestões compartilhadas em nosso site!Que bom saber que você já leu o livro “Dez Coisas Que Toda […] Leia maisOlá Elisabete,Agradecemos pela apreciação das ideias e sugestões compartilhadas em nosso site!Que bom saber que você já leu o livro “Dez Coisas Que Toda Criança com Autismo Gostaria Que Você Soubesse”, o qual consideramos bastante útil aos pais e profissionais.Para ler mais artigos com informações sobre o autismo, acesse o nosso blog: http://www.inspiradospeloautismo.com.br/noticias/Atenciosamente, Equipe Inspirados pelo Autismo Leia Menos

      Resposta
  • Avatar
    Islene Oliveira Rodrigues
    14/01/2018 em 10:47 pm

    Minha filha tem dificuldade com o café da manhã no hotel. Como poderia ajudar a ficar no local?

    Resposta
    • Inspirados pelo Autismo
      Inspirados pelo Autismo
      @Islene Oliveira Rodrigues
      15/01/2018 em 2:37 pm

      Olá Islene, agradecemos a pergunta! Em relação ao café da manhã no hotel, você acha que a dificuldade de sua filha está mais relacionada ao […] Leia maisOlá Islene, agradecemos a pergunta! Em relação ao café da manhã no hotel, você acha que a dificuldade de sua filha está mais relacionada ao número grande de pessoas/ruídos/cheiros do local, ou está mais relacionada a não aceitar os alimentos oferecidos no buffet, ou relacionada a apenas fazer as refeições em lugares conhecidos, ou ainda, está mais relacionada a não conseguir ficar sentada em uma mesa por um determinado período de tempo? Ou a dificuldade seria relacionada a outra questão que não mencionamos? Leia Menos

      Resposta
  • Avatar
    Rosana Bastos
    17/12/2018 em 8:47 pm

    A minha preocupação é como fazer p meu filho autista n sentir dor no ouvido na hora da decolagem.

    Resposta
    • Inspirados pelo Autismo
      Inspirados pelo Autismo
      @Rosana Bastos
      31/12/2018 em 1:51 pm

      Oi Rosana, boa tarde! Dê uma olhada nesse artigo sobre as dores de ouvido na decolagem do avião: https://oglobo.globo.com/boa-viagem/por-que-os-ouvidos-doem-no-aviao-como-fazer-para-reduzir-incomodo-18704303

      Resposta

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Informativo da Inspirados pelo Autismo

E-mail (obrigatório):

Nome:

Sobrenome:


FamiliarProfissional/ estudante da área de saúdeProfissional/ estudante da área de educaçãoOutro

Próximos cursos da Inspirados pelo Autismo:
Curso dinâmico e prático

“Finalmente encontrei um curso sobre autismo que atendeu minhas expectativas. Foi ministrado numa linguagem acessível, de forma dinâmica e prática, no qual assimilei um aprendizado que já me habilitou a lidar com o autismo.”

Ilza Correia, pedagoga
Curso sobre autismo.
Informações claras

“Informativo, interativo, responsivo e dinâmico. Curso muito organizado, bem estruturado, com informações claras e demonstrações muito sensibilizantes. Aporte teórico demonstrado na prática a todo o momento, facilitando o entendimento.”

Daniele Gomes, coordenadora pedagógica
Curso sobre autismo.
Inovador, prático e inspirador
“Inovador, prático, inspirador, conteúdo bem completo, considerando a amplitude das características do autismo.”
Yvina Baldo, professora e mãe
Curso sobre autismo.
Compreender o mundo do autismo
“Inspirador, me fez compreender o mundo do autismo (do meu filho) melhor, me deu força, esperança e me tirou do papel de expectadora, me abriu portas para um mundo diferente, me fez ter outros olhos e me deu o poder de fazer a diferença na vida do meu filho. Fiquei muito feliz de ter participado do curso e indico para todos os profissionais e familiares de pessoas com autismo.”
Danielle Speranza, mãe
Curso sobre autismo.
Aprender através de atividades prazerosas
“Como uma grande oportunidade de aprender, conhecer e desenvolver nossa sensibilidade de forma com que possamos auxiliar nossas crianças ou adultos com autismo a encontrar prazer em interagir socialmente, em brincar, aprender através de atividades lúdicas, interativas e prazerosas para ambas as partes. Vale a pena! É incrível!”
Fabrícia Corrêa Elias, professora
Curso sobre autismo.
Uma experiência fantástica
“Uma experiência fantástica, rica em conhecimento, informação. Superou minhas expectativas, realmente muito bom e proveitoso.”
Ellen Rolim, fonoaudióloga
Muito esclarecedor e motivador
“Fantástico, muito esclarecedor e motivador. Você sai do curso com vontade de chegar em casa e aplicar tudo que aprendeu.”
Lucia Sangiacomo, mãe