Aluno com autismo na escola - história de persistência!

12/11/2014

No último fim de semana, Fernanda – uma moça com 21 anos diagnosticada com espectro do autismo aos 11 – fez as provas do Enem. Fernanda compareceu ao campus da Uninove em São Paulo para prestar os exames e com eles obter um certificado de conclusão do ensino médio, possibilidade que lhe fora concedida após intermediação junto ao Ministério da Educação (MEC). O MEC concedeu à Fernanda uma autorização para que sua nota no Enem sirva como certificado de conclusão do ensino médio. Assim como muitos outros jovens, Fernanda quer também lutar pelo seu sonho de aprimorar sua capacitação. Após a obtenção do certificado de conclusão do ensino médio, o curso que Fernanda tem em vista é o de web designer.

Aluno com autismo na escola - história de sucesso!

Reportagens publicadas em diferentes sites, como os do Jornal O Globo e do Uol, contam a história da jovem e destacam que, para ela e para a sua família, o fato de estar fazendo a prova é, por si só, uma vitória. Fernanda estava confiante em relação aos exames e sentia-se vitoriosa. Sua mãe, Regiane, estava muito emocionada. Regiane contou à um dos veículos de comunicação que elas enfrentaram diversos desafios na educação de Fernanda e que, devido às dificuldades no processo de adaptação nas escolas públicas, ela teve parte de sua escolarização feita em escolas especializadas particulares (onde ela estudou com bolsas) e em outras entidades que atendem pessoas com autismo. Regiane afirmou que se empenhou muito em busca de tratamentos e de educação especializada para a filha, tendo auxiliado Fernanda também em casa durante o período escolar, em disciplinas como história e geografia. A arte terapia e a própria habilidade de Fernanda para desenhar, que foi desenvolvida de forma autodidata, foram aproveitadas ao longo de sua trajetória para impulsionar o seu aprendizado e para facilitar a comunicação já que, segundo Regiane, Fernanda passou por períodos em que empregava pouco a linguagem verbal.

Fernanda, que aos quatros anos de idade já fazia ilustrações no programa Paint, levou alguns de seus desenhos ao campus no dia das provas do Enem e disse querer estudar para poder dar vida às suas criações. Para isso, Fernanda quer aprender animação gráfica e dublagem e também aprender a fazer desenhos em 2D e 3D, frutificando a inspiração que ela colhe em desenhos, em filmes e na realidade ao seu redor.

Durante os dias das provas do Enem, Fernanda afirma que tudo transcorreu bem. Ela contou com a ajuda de dois assistentes da equipe do Enem – um ledor e um transcritor – que possibilitaram a adaptação das provas, trazendo acessibilidade ao processo de avaliação. Fernanda quer que sua experiência sirva de exemplo para outras pessoas com autismo, mostrando que todos devem sentir-se motivados a participar dos exames. As provas longas demandaram de Fernanda muita dedicação e paciência. O tema da radiação, presente em uma das questões, chamou sua atenção, por ser um assunto de seu interesse. Outro ponto alto dos exames foi uma questão de história ilustrada com quadrinhos da Turma da Mônica.

A trajetória de Fernanda e a notícia sobre a sua participação no Enem nos fazem pensar:  como ajudar um aluno com autismo em seu processo educacional? Você conhece alguma história inspiradora ou alguma trajetória de persistência de algum aluno com autismo na escola? Conte para a gente! Compartilhe também conosco e com outros pais e profissionais que acessam o nosso blog experiências que deram certo com as pessoas com autismo com as quais você se relaciona, em relação ao processo educacional.

Compartilhe com um amigo ou colega nas mídias sociais a seguir:

Postagens Relacionadas

Diagnosticado com autismo aos 31 anos, rapaz escreve detalhado e emocionante relato sobre sua trajetória e compartilha informações valiosas sobre o autismo
15 agosto, 2016

É possível que alguém viva por muitos anos com características do espectro do autismo sem receber um diagnóstico? A história escrita por Guillaume Paumier sobre a sua própria trajetória mostra que sim. Mais do que mostrar que o autismo pode ser diagnosticado em pessoas adultas, o emocionante relato de Guillaume é uma […]

Leia mais
Adolescente com autismo surpreende seus pais ao escrever uma carta profunda e sensível sobre pessoas com autismo
6 junho, 2016

O jornal americano The Washington Post publicou em seu site uma detalhada matéria sobre Gordy, um adolescente com autismo não-verbal que surpreendeu seus pais ao escrever uma carta profunda e sensível sobre pessoas com autismo. A carta elaborada por Gordy foi direcionada ao departamento policial de sua localidade. Segundo a […]

Leia mais
Menino com autismo divide momentos de emoção com os pais em show do Coldplay
28 abril, 2016

O pai do garoto, Luis Vazquez, realizou uma filmagem emocionante da família durante o show da banda britânica Coldplay na Cidade do México. Em meio à multidão de fans da banda, pai e filho compartilharam momentos íntimos de muita emoção, especialmente quando a banda tocou a música predileta do menino, “Fix You”. O […]

Leia mais
Deixe um comentário
Como se inspirar para ajudar crianças, adolescentes e adultos com autismo15 dicas para ajudar seu aluno com autismo
Todos os comentários ( 13 )
  • Avatar
    Luciene Aparecida
    12/11/2014 em 6:04 pm

    Fico muito feliz quando vejo uma mãe como esta. Meu filho é um enorme guerreiro também, ele está hoje com 19 anos e terminou o […] Leia maisFico muito feliz quando vejo uma mãe como esta. Meu filho é um enorme guerreiro também, ele está hoje com 19 anos e terminou o 2º grau em escola estadual, depois de muitos desafios. Ele terminou o segundo grau sendo o orador da sua turma, a formatura foi perfeita. Luiz Henrique hoje faz natação, aula de violão, capoeira. Agora, vamos ter de dar um novo passo com ele que vai ser um serviço. Barreiras, com certeza, vou encontrar, mas tenho fé que nós quatro iremos vencer, mesmo porque, estamos juntos e misturados. Parabéns mais uma vez a esta mãe guerreira que foi a luta. Não importa que você família lute um, dois, dez, vinte anos, e que ao fim o único resultado seja um olhar direto em seus olhos. O importante é que te viu que notou sua presença. Abraço a todos! Leia Menos

    Resposta
  • Avatar
    Elisa Aragão Vieira
    13/11/2014 em 3:08 pm

    Me enchi de orgulho pela Fernanda e sua família. Conheço bem a luta delas, pois é também a minha luta e de tantas outras famílias […] Leia maisMe enchi de orgulho pela Fernanda e sua família. Conheço bem a luta delas, pois é também a minha luta e de tantas outras famílias que têm autistas em seu meio. Que Deus abençoe a todos nós e nos conceda a graça de vermos nossos filhos crescerem e se tornarem todos donos dos seus destinos. Que isso sirva de exemplo e de incentivo a tantas outras famílias. Leia Menos

    Resposta
  • Avatar
    Leila Andrade de Oliveira
    13/11/2014 em 3:40 pm

    Fico feliz em receber esta notícia, e parabenizo a Fernanda pela sua grande conquista...continue sempre...

    Resposta
  • Avatar
    Gerlania Soares de Sousa
    13/11/2014 em 3:52 pm

    Oi,Meu nome é Gerlania, sou psicóloga, trabalho em uma Clínica de Habilitação e Reabilitação da APAE, no município de Floriano/PI. Fiquei super feliz ao ler a […] Leia maisOi,Meu nome é Gerlania, sou psicóloga, trabalho em uma Clínica de Habilitação e Reabilitação da APAE, no município de Floriano/PI. Fiquei super feliz ao ler a reportagem da Fernanda e quero mandar um grande abraço a ela e toda sua família. Que o exemplo da Fernanda sirva de incentivo a outras famílias.Beijos! Leia Menos

    Resposta
  • Avatar
    Adriana Oliveira
    13/11/2014 em 7:39 pm

    Fico muito feliz pela Fernanda e sua família... Sou professora auxiliar na rede pública e trabalho com dois autistas. Infelizmente a realidade é outra, pois os […] Leia maisFico muito feliz pela Fernanda e sua família... Sou professora auxiliar na rede pública e trabalho com dois autistas. Infelizmente a realidade é outra, pois os professores de sala não acreditam na capacidade dos nossos meninos. O menino de 14 anos ama geografia, conhece o mundo inteiro pelo atlas, você pode perguntar qualquer coisa dos países que ele responde, por exemplo: cores da bandeira, desenho da bandeira, língua falada no país, moeda e até a religião do país ele sabe. Infelizmente não conseguimos parceria com os professores de sala, sendo assim, o aluno é da auxiliar e não da sala. Leia Menos

    Resposta
  • Avatar
    Yzadora
    13/11/2014 em 11:04 pm

    Eu tenho uma filha com 5 anos autista e está sendo muito complicado na escola. Fico muito feliz ao ver essa história de superação, pois […] Leia maisEu tenho uma filha com 5 anos autista e está sendo muito complicado na escola. Fico muito feliz ao ver essa história de superação, pois me animo e vejo que minha filha tem possibilidades de, com muito esforço, claro, chegar lá. Parabéns Fernanda! Tudo de bom! Que Deus te abençoe. Leia Menos

    Resposta
  • Avatar
    JOÃO PICANÇA
    14/11/2014 em 8:05 am

    Fernanda, nós, seres humanos, estamos juntos e misturados neste MUNDO. A diferença entre nós é pouquíssima. Todos nós temos a mesma composição (UM SER HUMANO). […] Leia maisFernanda, nós, seres humanos, estamos juntos e misturados neste MUNDO. A diferença entre nós é pouquíssima. Todos nós temos a mesma composição (UM SER HUMANO). Parabéns, você é uma vencedora! Leia Menos

    Resposta
  • Avatar
    MARCILENE
    14/11/2014 em 2:10 pm

    Parabéns, Fernanda! Que você possa continuar com suas expectativas. E nunca desista.

    Resposta
  • Avatar
    Claudiane
    14/11/2014 em 11:20 pm

    Parabéns Regiane, pela luta e coragem de enfrentar os obstáculos, que com certeza não foram poucos. E acima de tudo, por acreditar em sua filha. […] Leia maisParabéns Regiane, pela luta e coragem de enfrentar os obstáculos, que com certeza não foram poucos. E acima de tudo, por acreditar em sua filha. Parabéns Fernanda, por vencer mais esta etapa de tantas, tenho certeza, que ainda vencerá! Leia Menos

    Resposta
  • Avatar
    Marlene
    15/11/2014 em 3:59 pm

    Parabéns! Você merece ser reconhecida e ser o orgulho de seus familiares. Participar de vitórias como a sua nos enche o coração de alegria e […] Leia maisParabéns! Você merece ser reconhecida e ser o orgulho de seus familiares. Participar de vitórias como a sua nos enche o coração de alegria e nos traz esperança. Felicidades!!! Leia Menos

    Resposta
  • Avatar
    Patrícia
    16/11/2014 em 5:43 am

    Parabéns a você e a sua mãe, Fernanda! Muitas conquistas ainda virão! Beijo meu e do meu filho autista Pedro!

    Resposta
  • Avatar
    Inspirados pelo Autismo
    18/11/2014 em 1:37 pm

    À Equipe Inspirados pelo AutismoPrimeiro agradecer a publicação nesse importante canal informativo da Equipe Inspirados pelo Autismo.Ademais, a forma como foi elaborado, o texto ficou […] Leia maisÀ Equipe Inspirados pelo AutismoPrimeiro agradecer a publicação nesse importante canal informativo da Equipe Inspirados pelo Autismo.Ademais, a forma como foi elaborado, o texto ficou muito bacana, ao citar parte de nosso percurso baseado nas recentes publicações aqui na rede.Com isso, esperamos que essa vivência da Fernanda possa nos trazer esperanças, às famílias e aos jovens com TEA, por ventura, não tiveram acesso ao atendimento profissional especializado, uma vez que a maioria dos jovens e/ou adultos recebeu o diagnóstico tardio.E porque não, a provocação ao Estado dada a sua omissão. Nesse sentido, a perspectiva de influenciar as políticas públicas, que efetivamente atenda as singularidades da pessoa com TEA, em todos os aspectos da vida social tendo em vista a sua autonomia, enquanto sujeitos de direitos.Há algum tempo acompanho o trabalho da equipe Inspirados pelo Autismo, e posso dizer que evidenciamos a seriedade do seu trabalho, que vem contribuir com nossa formação, enquanto mães, pais, familiares e cuidadores (as), mas principalmente promover a certificação aos diversos profissionais para aprimorar o atendimento especializado voltado para pessoas com TEA.Mais uma vez, muito obrigada!Abraços.Fernanda e Regianehttps://www.facebook.com/groups/autismoaspergersaopaulo/Mais informações: http://autismoerealidade.org/desenhos-de-fernanda-sazuki/http://ultimosegundo.ig.com.br/educacao/2014-11-09/jovem-com-autismo-faz-enem-para-tentar-vaga-em-webdesign.html Leia Menos

    Resposta
  • Avatar
    Gláucia
    22/11/2014 em 10:10 pm

    Parabéns, Regiane e Fernanda, por essa tão grande vitória. Sei que foram muitas as dificuldades, mas tenho certeza que esse só foi o começo. Muitos […] Leia maisParabéns, Regiane e Fernanda, por essa tão grande vitória. Sei que foram muitas as dificuldades, mas tenho certeza que esse só foi o começo. Muitos momentos vitoriosos ainda virão. Deus as abençoe! Leia Menos

    Resposta

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Informativo da Inspirados pelo Autismo

E-mail (obrigatório):

Nome:

Sobrenome:


FamiliarProfissional/ estudante da área de saúdeProfissional/ estudante da área de educaçãoOutro

Próximos cursos da Inspirados pelo Autismo:
Curso dinâmico e prático

“Finalmente encontrei um curso sobre autismo que atendeu minhas expectativas. Foi ministrado numa linguagem acessível, de forma dinâmica e prática, no qual assimilei um aprendizado que já me habilitou a lidar com o autismo.”

Ilza Correia, pedagoga
Curso sobre autismo.
Informações claras

“Informativo, interativo, responsivo e dinâmico. Curso muito organizado, bem estruturado, com informações claras e demonstrações muito sensibilizantes. Aporte teórico demonstrado na prática a todo o momento, facilitando o entendimento.”

Daniele Gomes, coordenadora pedagógica
Curso sobre autismo.
Inovador, prático e inspirador
“Inovador, prático, inspirador, conteúdo bem completo, considerando a amplitude das características do autismo.”
Yvina Baldo, professora e mãe
Curso sobre autismo.
Compreender o mundo do autismo
“Inspirador, me fez compreender o mundo do autismo (do meu filho) melhor, me deu força, esperança e me tirou do papel de expectadora, me abriu portas para um mundo diferente, me fez ter outros olhos e me deu o poder de fazer a diferença na vida do meu filho. Fiquei muito feliz de ter participado do curso e indico para todos os profissionais e familiares de pessoas com autismo.”
Danielle Speranza, mãe
Curso sobre autismo.
Aprender através de atividades prazerosas
“Como uma grande oportunidade de aprender, conhecer e desenvolver nossa sensibilidade de forma com que possamos auxiliar nossas crianças ou adultos com autismo a encontrar prazer em interagir socialmente, em brincar, aprender através de atividades lúdicas, interativas e prazerosas para ambas as partes. Vale a pena! É incrível!”
Fabrícia Corrêa Elias, professora
Curso sobre autismo.
Uma experiência fantástica
“Uma experiência fantástica, rica em conhecimento, informação. Superou minhas expectativas, realmente muito bom e proveitoso.”
Ellen Rolim, fonoaudióloga
Muito esclarecedor e motivador
“Fantástico, muito esclarecedor e motivador. Você sai do curso com vontade de chegar em casa e aplicar tudo que aprendeu.”
Lucia Sangiacomo, mãe